sábado, 20 de julho de 2013

MULHER VIRTUOSA

Texto Base:     Provérbios 31: 10-31

Entendendo o que é SER VIRTUOSA“aquela que têm virtudes”.Virtudes significa“disposição firme e constante para a prática do bem, força moral e valor.” Na Nova Versão Internacional da Bíblia ela é chamada de “esposa exemplar”, e no hebraico a palavra “virtuosa” pode significar rica, próspera, valorosa, ousadamente corajosa, forte, guerreira poderosa.

A mulher virtuosa não é perfeita, mas sim de que é uma GUERREIRA VALENTE que luta com todas as suas forças para fazer que o seu lar seja de fato uma bênção.

Características desta Mulher Virtuosa:

sexta-feira, 19 de julho de 2013

TEMPERAMNETO

Sabes o teu temperamento?

Resumidamente... "Temperamento é aquilo que chamamos de meu jeito de ser… "
Os temperamentos, segundo alguns pesquisadores já tem definição, estudo, análise, sei lá, tanto tempo que é possível encontrar na bíblia, no livro profético de Ezequiel uma divisão de temperamento: leão, boi, homem e águia.

 Homem- Esta face fala da mente, razão, afeições, e todas as coisas que envolvem a natureza humana.

Leão- O leão sempre foi reconhecido como forte, feroz, e majestoso. Ele é o rei dos animais.

Boi- O boi é reconhecido como um animal que trabalha pacientemente para seu dono. Ele é forte, podendo carregar um urso, e conhece o seu dono.

Águia - Como um anjo, este pássaro voa acima das tempestades, enquanto abaixo delas existem tristezas, perigos, e angústias. Um pássaro ligeiro e poderoso, elegante, incansável.

Visão dos filósofos em relação:

Artesão, Guardião, Idealista e Racional (Platão)

Artesão
São facilmente identificados por terem autoconfiança, iniciativa, otimismo e carisma. Geralmente os artesãos gostam de estar no centro das atenções, são expressivos e comunicativos.

Guardião
Fazem parte dele as pessoas protetoras, que tomam conta da família, amigos, até mesmo de um país. Eles são conservadores, preocupam-se em manter as relações e a estabilidade. Seguem as regras, respeitam os estatutos e leis de países e instituições. A eficiência dos guardiões aparece na hora de dar ordens, supervisionar o trabalho das pessoas e cobrando resultados.

Idealistas
As pessoas preocupadas com o bem-estar alheio, seja espiritual ou materialmente, são a maioria nesse grupo. Além de defenderem a paz, a justiça e a liberdade, lutam por causas políticas e sociais. Muitas vezes, o idealista não é bem compreendido pela família ou pela escola por ter ideias diferentes. Eles são bons para falar e têm bons relacionamentos.

Racionais
Os racionais são o tipo mais raro, não chegam a representar 7% da população mundial. Eles são especialistas em desenvolvimento de máquinas, motores, instrumentos, computadores e tudo ligado à tecnologia. Extremamente racionais, têm uma eficiente inteligência estratégica que os leva a encontrar os melhores métodos e caminhos para alcançarem suas metas. São curiosos, gostam de pesquisar e sempre querem adquirir mais conhecimento. Geralmente são calmos.

Hedonista, Proprietário, Ético e Dialético (Aristóteles)

E os mais famosos:
Melancólico
É um temperamento analítico, abnegado, bem dotado e perfeccionista. Isto o faz admirar as belas artes. É introvertido por natureza. Mas às vezes é levado por seu ânimo a ser extrovertido. Outras vezes enclausura-se como caramujo, chegando a ser hostil. É amigo fiel, mas não faz amigo facilmente, por ser desconfiado. Tem habilidade de analisar os perigos que o envolve. Força-se a sofrer e sempre escolhe uma vocação difícil, que envolva grande sacrifício pessoal. Muitos dos grandes gênios do mundo, artistas, músicos, inventores, filósofos, educadores e teóricos, eram melancólicos. Podemos ver estas características em personagens bíblicos de projeção como, Moisés, Elias, Salomão, o apóstolo João e muitos outros.
Vejamos suas forças e fraquezas:
Forças: Habilidoso, delicado, leal, idealista e minucioso…
Fraquezas: Egoísta, amuado, pessimista, confuso, antissocial e vingativo…
Problemas causados: Espera muito das pessoas, em troca do que faz. Intromete-se onde não deve, gasta tempo com o que não deve, atrapalhando seu serviço, tem aversão a pessoa que tem ponto de vista diferente entra em atrito com as pessoas que se opõe ao seu caminhar.

Fleumático
O fleumático, geralmente é calmo, frio, equilibrado e por isso a vida para ele é feliz e descompromissada; raramente explode em risos ou em raiva, consegue fazer os outros rirem, mas ele mesmo não solta um sorriso sequer; sempre diz: “alguém devia fazer alguma coisa”, mas ele não faz. Porém é habilidoso para promover paz e conciliação.
Forças: É calmo, tranquilo, cumpridor dos deveres, líder, imperturbável, para ele é fácil ouvir os outros em seus problemas, o que é difícil para o sanguíneo e colérico, trabalha bem sob pressão, por isso cumpre suas obrigações e gosta de cumprir horários.
Fraquezas: É um tipo de pessoa calculista, desmotivada. É muito pretensiosa, desconfiada, e isto a afasta dos outros. É pessoa indecisa nas suas decisões e temerosa. Esse tipo de pessoa é muito castigado pelo seu egoísmo.
Problemas causados: Através das suas piadas não se esforça para realizar suas tarefas em ritmo satisfatório.
Colérico
É um temperamento ardente, vivaz, ativo, prático e voluntarioso. Por ser decidido e teimoso, torna-se autossuficiente e muito independente. Por ser ativo, estimula os que estão ao seu redor, não cede sobre pressões. Possui uma firmeza no que faz, o que o faz frequentemente obter sucesso. Não são dadas as emoções, por ser pouco analista, não vê as armadilhas na sua trajetória. Muitos líderes mundiais e grandes generais foram coléricos.
Forças: É otimista, enérgico, prático, líder, audacioso, autodisciplinado e autodeterminado, não tem medo de situações difíceis nem de grandes desafios, estes o estimulam ainda mais, é alguém de objetivos e por isso a dificuldade não o esmorece…
Fraquezas: Ira, impetuosidade, autossuficiência, é vingativo e amargo, por isso tem tendência ter úlcera antes dos 40 anos, muitas vezes falará coisas cruéis, sarcásticas e mordazes (ofensas grosseiras e refinadas), embora seja de fato capaz, sua arrogância tende causar antipatia nos outros temperamentos…
Problemas causados: Torna-se exigente com os seus, é uma pessoa de muitos argumentos, impiedoso nas decisões, ausência de bondade, cria padrões difíceis de serem alcançados, utiliza-se das situações.
Sanguíneo
Quando se fala do temperamento sanguíneo, se fala de “sangue quente”, de vivacidade. É um temperamento eufórico, vigoroso, que vive o presente, esquece facilmente o passado e não pensa muito no futuro. Traz em si otimismo e por isso crê, mesmo em meio às adversidades.
Forças: Sempre tem amigos, é divertido e contagia os outros, compreensivo e por isso bom companheiro, simpático, destacado e entusiasta e por isso líder…

Fraquezas: É agitado e turbulento, desorganizado, fraco de ânimo, adora agradar, começa as coisas e não termina, é egoísta e cada vez mais tende a falar muito de si mesmo e de suas qualidades e feitos, tende a desculpar-se sempre de suas fraquezas…

terça-feira, 9 de julho de 2013

História das Religiões ´RESUMO


               
          Cristianismo - História do Cristianismo



Muitas doutrinas cristãs diferenciadas entre si surgiram desde as primitivas comunidades cristãs. A origem destas comunidades deu-se em plena expansão do Império Romano. Como o Imperador romano era também a figura religiosa máxima do Império, quaisquer seitas eram prejudiciais ao seu poder absoluto. Desta forma, as comunidades cristãs deste período foram perseguidas. No entanto, mais tarde, o Império Romano adotaria as crenças cristãs como sua religião oficial, ocorrendo assim a fundação da Igreja de Roma. A partir desta, originaram-se as diversas doutrinas cristãs.

sábado, 13 de abril de 2013

A História da Assembléia de Deus no Brasil

A História da Assembléia de Deus no Brasil

    “[...] Pouco tempo depois de Gunnar Vingren participar de uma convenção de igrejas batistas em Chicago, essas igrejas que aceitavam o Movimento Pentecostal, ele conheceu outro jovem sueco que se chamava Daniel Berg. Esse jovem também fora batizado com o Espírito Santo.
    Após uma ampla troca de informações, experiências e idéias, Daniel Berg e Gunnar Vingren descobriram que Deus os estavam guiando numa mesma direção, isto é, o Senhor desejava enviá-los com a mensagem do Evangelho à terras distantes, mas nenhum dos dois sabia exatamente para onde seriam enviados.


quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

NATAL


Quando buscamos a verdadeira história do Natal, acabamos diante de rituais e deuses pagãos. Sabemos que Jesus Cristo foi colocado numa festa que nada tinha haver com Ele. O verdadeiro simbolismo de Natal oculta transcendentes mistérios. Esta festividade tem sua origem fixada no paganismo. Era um dia consagrado à celebração do “Sol Invicto”. O Sol tem sua representação no deus greco-romano Apolo e, seus equivalentes entre outros povos pagãos são diversos: Ra, o deus egípcio, Utudos na Babilônia, Surya da Índia e também Baal e Mitra.


domingo, 25 de novembro de 2012

PAPADO


 Pedro, primeiro papa?


CATOLICISMO E O PAPADO
"E a ninguém na terra chameis vosso pai, porque um só é o vosso Pai, o qual está nos céus" Mateus 23:9Nesse terceiro capítulo, quero começar definindo alguns dos termos que usarei. O primeiro éPapa, que vem do Grego papas e, em Latim, papa significa pai. Esse termo refere-se ao oficial mais importante da Igreja, segundo o Catolicismo Romano. A palavra papado refere-se ao sistema de governo eclesiástico do qual o Papa é reconhecido como o cabeça suprema. A palavra papal significa do ou pertencente ao Papa. A palavra Pontífice é outro termo para Papa. A palavra Vaticano refere-se à sede do poder e da autoridade do Papa que está em Roma.


AMOR FRATERNAL


O AMOR FRATERNAL
Talvez não existe advertência mais sábia a respeito do perigo de ser experimentar o poder de Deus do que aquela registrada na epístola de Paulo aos Coríntios. Eis aqui um povo que ele elogia e, ao mesmo tempo, disciplina de maneira muito firme. Assim como ele acolhe a experiência deles nos dons do Espírito, ele também exige que eles aprendam a graça do Espírito - o amor. O chamado para crescer em amor é fundamental para qualquer outro valor ou objetivo na vida cristã. 1 Co 13 indica este caminho, chamando a atenção para a ausência de valor em qualquer realização, dom ou sacrifício quando o amor não é a fonte e o tempero de todos eles.
O amor fraterno deve ser alimentado e torna-se um fonte certa de serviço alegre.